Era mais um dia de trabalho para o motorista Sebastião Batista da Silva, que há 4 anos trabalha na linha 7012-10 – Pq. do Lago – Term. Guarapiranga, operada pela Transwolff.
Por volta das 9h do dia 28 de agosto ele se preparava para sair com o ônibus de um ponto do Pq. Bologne quando o gerente de área do MC Donald’s Roberto Douglas do Espírito Santo chega e pede para o motorista esperar a mãe Maria Madalena do Espírito Santo embarcar.

Porém, como tem mobilidade reduzida por convalescer de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) iria demorar uns 10 minutos até chegar ao ônibus. Ao notar a dificuldade de locomoção da passageira, Sebastião deu ré no ônibus até chegar próximo a ela.

“Não é qualquer um que faria isso. Tem gente que só pensa em si. Tem que ter amor e carinho pelas pessoas. Ele é um cara muito gente boa”, elogiou Roberto, filho de Maria.

A analista de atendimento Vera Beatriz de Souza, moradora do Jd. Bologner, que presenciou a postura do motorista e registrou o elogio nas redes sociais.

“A percepção dele me encantou muito. Atitude como a do Seu Sebastião a gente aprende. A empatia é muito importante para a gente no dia a dia. Amor ao próximo é tudo”, sustenta a passageira.

Para o motorista Sebastião, ser elogiado por uma passageira que presenciou aquela cena e pelo filho da idosa é gratificante. “Resolvi tirar o carro da via, fomos até a passageira. Dei uma ré de 50 metros para poder embarcar a usuária e seguir viagem”, disse.