A balconista Samara Lima dos Santos, 25 anos, moradora da Vila Gilda, voltava para casa na noite de quarta-feira, dia 19 de junho, em um ônibus da linha 6035 – Vila Gilda – Sto. Amaro, operada pela Transwolff.

Ela e outros ocupantes perceberam que um passageiro com cerca de 40 anos passava mal, chegou a desmaiar, e avisaram o motorista. Ao ver a situação, o motorista colocou o painel no modo reservado, desviou o itinerário e foi até o Hospital M’Boi Mirim.

“No meio do caminho ainda parei na base da Polícia Militar no Jd. Angela, mas, como não tinha viatura, fui direto para o hospital. Foi tudo muito rápido. Ao chegar lá os médicos fizeram o primeiro atendimento dentro do ônibus mesmo e o levaram”, recorda o motorista Gabriel Rodrigues Silva, de 22 anos.

A passageira Samara disse que o motorista foi um herói. “Ele podia ter deixado o passageiro em algum ponto de ônibus e ir embora. Atitude linda dele”, elogiou.

Já Silva, que é motorista apenas há 11 meses, disse que assim que chegou em casa, desabou. “Não parava de chorar, lembrei do meu pai que tinha enfartado. Falei pra ele, que me deu os parabéns. Liguei para minha mãe que mora em Minas, que chorou e me deu os parabéns pela minha atitude”, conta orgulho.

“É muito bom ajudar os outros”, finaliza o motorista.